Categories
Chekin

Prepare-se para uma Onda de Hóspedes: Otimize Propriedades para o Pico de Verão 2024

À medida que a procura de viagens de verão na Europa atinge níveis pré-pandémicos, os gestores de propriedades e os hoteleiros estão a preparar-se para otimizar as suas propriedades de férias para o pico das viagens de verão na Europa.

Com um mercado próspero previsto para o verão de 2024, há uma mudança para destinos urbanos e naturais, com Londres a emergir como uma escolha de topo devido aos Jogos Olímpicos de Paris. A ForwardKeys e a ETOA fornecem informações valiosas sobre a evolução das preferências dos viajantes, destacando o aumento do interesse por destinos como Portugal, bem como a crescente concentração em cidades de Espanha e Itália.

Com uma perspetiva positiva para o turismo europeu, os hoteleiros e os proprietários de imóveis podem preparar-se para um aumento do número de viajantes, utilizando software especializado de check in online para simplificar as operações e melhorar a experiência dos hóspedes.

Aproveitar o Pico do Verão

Aproveitar o Boom da Recuperação

Com o ressurgimento das viagens de verão na Europa, os gestores de propriedades e os hoteleiros têm uma oportunidade única de capitalizar o aumento da procura. Este boom de recuperação proporciona um terreno fértil para maximizar as taxas de ocupação e aumentar as receitas. As principais estratégias incluem o reforço dos esforços de marketing para realçar a proximidade de destinos populares e enfatizar as características únicas da propriedade que satisfazem as preferências de viagem pós-pandemia.

O investimento em software especializado de check in online também pode desempenhar um papel fundamental. Ao automatizar o processo de check-in, os gestores de propriedades podem poupar tempo e reduzir os custos operacionais. Esta tecnologia também permite uma experiência perfeita para os clientes, minimizando os tempos de espera e aumentando a satisfação. Além disso, a integração da análise de dados pode ajudar a identificar tendências e a adaptar as ofertas às preferências dos hóspedes, garantindo uma vantagem competitiva num mercado concorrido.

Ao utilizar estas ferramentas e estratégias, os hoteleiros e os proprietários de imóveis podem navegar eficazmente no boom da recuperação e posicionar-se para um sucesso sustentado.

Destinos Urbanos e Naturais: Os Novos Favoritos

Os viajantes são cada vez mais atraídos por destinos que oferecem uma mistura de emoção urbana e beleza natural. Portugal, Espanha e Itália surgem como os principais favoritos. Estes destinos oferecem uma mistura única de experiências culturais, vida urbana vibrante e paisagens serenas, o que os torna muito atrativos para um leque diversificado de turistas.

Portugal é conhecido pelas suas paisagens deslumbrantes e pela sua cultura rica. Desde o encanto histórico de Lisboa às famosas caves de vinho do Porto, passando pelas belas praias do Algarve, oferece diversas atrações. O país é também conhecido pela sua deliciosa cozinha, incluindo o bacalhau e o pastel de nata. A mistura de património cultural e beleza natural de Portugal torna-o um destino de topo para os viajantes na Europa.

Os gestores de imóveis nestas regiões podem otimizar a sua atração destacando estes atributos únicos nos seus esforços de marketing. A adaptação das comodidades e dos serviços aos interesses destes viajantes pode aumentar ainda mais a satisfação dos hóspedes e conduzir a reservas repetidas.

Simplificar as Operações com Tecnologia

Introduzir Sistemas de Check In Online

A introdução de um software de check-in automático pode simplificar significativamente as operações dos hoteleiros e gestores de propriedades. Estes sistemas permitem que os hóspedes façam o check in online antes da chegada, reduzindo a necessidade de pessoal de receção e minimizando os tempos de espera, tal como o cálculo automático das taxas turísticas. Esta plataforma de experiência do hóspede melhora o processo de check-in sem contacto e sem falhas, mas também liberta o pessoal para se concentrar noutras tarefas críticas.

Um software de check-in automatizado como o Chekin pode ser integrado em mais de 50 PMS, fornecendo atualizações em tempo real e garantindo que as informações dos hóspedes sejam registadas com precisão. Esta integração ajuda a manter um fluxo de trabalho eficiente e reduz o risco de erros. Além disso, o software de check-in inclui funcionalidades como check in autonomo (acesso remoto), mensagens de boas-vindas personalizadas, pagamentos online e, ainda, taxas turísticas, simplificando ainda mais a conformidade legal.

Ao adotarem a tecnologia de check-in automatizado, os gestores de propriedades podem melhorar a eficiência operacional, reduzir os custos e proporcionar uma experiência moderna e conveniente que satisfaça as expectativas dos viajantes com conhecimentos tecnológicos atuais.

Conclusão

À medida que as viagens de verão na Europa voltam a atingir níveis pré-pandémicos, os hoteleiros e gestores de propriedades em Portugal têm uma oportunidade de ouro para capitalizar esta tendência. Concentrando-se em destinos urbanos e naturais populares na região e tirando partido da tecnologia de ponta, podem otimizar as operações e melhorar a experiência dos hóspedes. A introdução de sistemas de check-in automatizados pode simplificar os processos e ir ao encontro das expectativas dos hóspedes modernos, promovendo a satisfação e a repetição do negócio.

Num mercado cada vez mais competitivo, estas estratégias não só melhoram a eficiência como também distinguem as propriedades em Portugal das restantes. Ao adotar estes avanços, os gestores de propriedades e hoteleiros da região de Portugal podem garantir que estão bem preparados para o fluxo de viajantes e alcançar um sucesso sustentado no próspero sector do turismo europeu.